14 de abr de 2011

Street Art – Stencil

A arte de rua cresce cada dia mais no mundo, sendo reconhecida até mesmo pelos irritantes “Críticos de Arte”. Um bom exemplo de artistas de rua brasileiros e que estão no top dos graffiteiros internacionais, são Os Gêmeos, dois irmãos (vejam só) gêmeos (quem diria), que cresceram de São Paulo para o mundo.

Porém, hoje não vim falar do graffiti, apesar de ser um tópico que me atrai muito, mas sim de estêncil (do inglês, stencil, termo usado também no Brasil). Mas, o que é ‘estêncil’? 

Para os menos informados, estêncil é uma técnica usada para aplicar desenhos/ilustrações em superfícies. Que tipo de superfícies? Papéis, adesivos, tecidos, paredes, carros, pele e o que mais quiser imaginar.  
Um estêncil é produzido fazendo um corte ou uma perfuração em uma superfície que servira de mólde para uma aplicação. Exemplo simples e prático:

Pegue uma folha de papel.
  
Faça um furo no meio dela.


Coloque-a sobre outra folha não perfurada.

Aplique tinta (líquida ou spray), no exemplo foram feitas duas aplicações, uma em cada metade da folha, sendo uma com tinta acrílica e uma com spray.  


 Retire a folha perfurada e olhe para a que estava abaixo dela.
Sobrará uma impressão, que seria o preenchimento do furo da primeira folha, esta é uma forma de estêncil.


Mas se for assim, é muito fácil e idiota!? Não, aí que você se engana. Um estêncil geralmente tem que ser pensado e imaginado, existem vários resultados possíveis e grandes chances de dar erro. A “brincadeira” começa a ficar mais divertida a partir da aplicação de mais de uma camada, ou seja, quando o estêncil para de ter uma forma “simplista” e começa a ser trabalhado dentro dele mesmo. Vale tentar utilizar mais materiais, usar folhas coloridas invés de brancas para a aplicação, capas de cadernos e por aí vai.

A técnica do estêncil é utilizada há séculos para, por exemplo, aplicação de estampas em roupas. Quanto mais complexo o estêncil mais difícil fazê-lo.

Na arte de rua o estêncil é bastante utilizado como forma de graffiti “de rápida aplicação”. 

  
Para saber mais sobre o estêncil no Brasil e no mundo, vale à pena dar uma olhada nos seguintes links:

Exposição: “Elemento Vazado – Estêncil Arte na Matilha”, em São Paulo, começou dia 16 de Março e durará até dia 16 de Abril, ainda há tempo para uma visita. O site trás informações sobre a mesma e links para sites dos artistas participantes.
Trailer legendado do documentário “Exit Through The Gift Shop” indicado à categoria de Melhor Documentário no Oscar 2011, que mostra um pouco mais do lado underground do estêncil.





 
Lembrando que não estou encorajando pessoa alguma a sair pelas ruas aplicando estênceis a torto e a direita. Tintas spray são vendidas apenas para maiores de 18 anos e todo e qualquer ato de vandalismo pode e será punido pelas devidas autoridades. -qs

Nenhum comentário:

Postar um comentário